domingo, 10 de outubro de 2010

Duas Fés, um só coração!

As Duas Fés do Leproso.

. O Evangelho deste Domingo - 10/10 - nos convida a meditar duas espécies dé fé, que podemos perceber da parte dos leprosos. Duas atitudes indispensáveis: uma de obediência e a outra de adoração ou reconhecimento.
. Primeiro, quando os leprosos gritam para que Jesus tivesse compaixão deles, o Senhor os envia aos sacerdotes do templo (era necessário que assim fosse, pois os sacerdotes do templo atestavam a cura da doença da lepra, indicando que os doentes curados poderiam voltar ao convívio social, além de oferecerem um sacrifício adequado de louvor no templo). No entanto, Jesus não havia dito que estariam curados, eles o percebem no caminho para o templo. Foram obedientes à palavra de Jesus, e encontraram a cura pelo caminho.
. Depois, um dos leprosos volta e lança-se por terra, isto é, inclina-se (o gesto bíblico é de adoração, isto é, de reconhecimento de que recebeu a salvação da parte e Jesus - é bom lembrar que esta atitude, também sinal de colocar-se a serviço do outro é propria da culto a Deus: somente a Deus se deve adorar). De Jesus, o leproso que voltou, recebeu uma bela resposta: a tua fé te salvou! Foi salvo pelo reconhecimento e pela busca do mestre Jesus.
. Ambas, a fé que obedece a palavra e a fé que reconhece, agradece e coloca-se a serviço, são importantes. Uma, a primeira, pode comunicar a cura do corpo, mas não é suficiente para salvar a alma. O que salva a alma é fé que reconhece, adora e serve a Jesus, como Filho de Deus, Salvador e Senhor da humanidade.
. Que nestes dias de festa mariana, Nossa Senhora Aparecida, continue conduzindo-nos para a contemplação da face de Jesus, nosso Senhor e Salvador.

Um comentário:

  1. Pe Rodolfo, parabéns pelo dia dos Professores .

    Muitas bênçãos de Deus na sua vida .

    ResponderExcluir