segunda-feira, 12 de maio de 2014

O milagre de #Beatificação do #PapaPauloVI

A beatificação será no Vaticano



Após os médicos, teólogos, Bispos e Cardeais membros da Congregação para a Causa dos Santos definirem como naturalmente inexplicável o milagre atribuído à intercessão de Paulo VI, o Papa Francisco assinou hoje, dia 10, o decreto que dá oficialidade canônica a disto e definiu como data e local do rito o dia 19 de outubro próximo, no Vaticano, quando será encerrado o Sínodo dos Bispos sobre a Família.

Deste modo, é sim um milagre o fato de uma mãe, em complicações na gestação de seu filho, após ser aconselhada a abortá-lo mas pedir a intercessão do Papa morto em 1978, ter dado à luz um filho plenamente sadio.

Duas observações sobre tudo isto:

1. É emblemático e ótimo por ter sido Paulo VI a publicar a encíclica Humanae Vitae, em 1968, condenando as práticas anticoncepcionais, mas ter sofrido grandes resistência e crítica de muitos católicos, que querem que suas vontades sejam verdades e leis divinas.

2. Também é emblemático e significativo pois a beatificação ocorrerá no próprio Vaticano, no encerramento de um Sínodo dos Bispos focado pelo mundo inteiro como o início de uma nova teologia sacramental, em vista dos casais de segunda união matrimonial. O rito poderia acontecer em Milão, como era esperado, e ser presidido ou pelo Cardeal-Arcebispo Angelo Scola ou pelo Cardeal Amato, Prefeito da Causa dos Santos. Mas, sendo no Vaticano e nesta ocasião especial do mencionado Sínodo, certamente será presidido pelo Papa Francisco.

Com informações do boletim da Sala de Imprensa da Santa Sé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário