terça-feira, 8 de abril de 2014

EM NOME DA MÃE (Erri De Lucca)


"...eles não tem coração suficiente para entender e julgar..."


De Lucca, Erri.
EM NOME DA MÃE.
Cia. Das Letras.

Comentário:
. Um belo livreto. De fato, um achado. Li-o em menos de duas horas. Uma visão sólida e profunda da Virgem Mãe de Deus. Biblicamente correta, segundo as tradições judaicas e cristãs.


Outra bela citação do livro:
"Miriam, sabes o que é a graça?"
"Não exatamente", respondi.
"Não é o modo de andar atraente, não é porte altivo de certas mulheres daqui, que gostam de se exibir. É a força sobre-humana de enfrentar o mundo sozinha, sem esforço, desafiá-lo para um duelo completo sem nem sequer se despentear. Não é algo feminino, é dote de profetas. É um dom, e tu o recebeste. Quem o possui está libertado de qualquer temor. Eu o vi em ti na noite do encontro, e desde então o tens sobre ti. És cheia de graça. Ao teu redor há uma berreira de graça, uma fortaleza. Tu a espalhas, Miriam: até mesmo sobre mim", terminou Josef.

Nenhum comentário:

Postar um comentário