sábado, 27 de julho de 2013

O PAPA, suas PALAVRAS e a interpretação política de seu Discurso

Caros Amigos e Irmãos,

O PAPA FRANCISCO veio ao Brasil e isto é uma grande alegria para todos nós católicos. Sua presença traz paz e segurança frente a necessidade de professarmos nossa fé ante às exigências do mundo atual e o cenário de falta de liberdade religiosa que todos enfrentamos.

A expectativa da vigem do PAPA à nossa Terra acabou somada à necessidade de que algumas palavras pudessem ser ditas aos governantes desta imensa nação católica e cristã. Contudo, ao chegar ao Brasil em discurso à Presidenta do Brasil, o PAPA deixou clara sua motivação ao vir à nação brasileira: "vim por causa dos meus jovens"!

Isto deixa posto que o PAPA não veio para resolver questões políticas e diplomáticas com o Governo Brasileiro; não veio como Chefe de Estado do Vaticano, mas como "pastor do povo de Deus da Igreja Católica espalhada pelo mundo inteiro". A mídia está enfurecida com isto. Especialmente a mídia perversa brasileira - aquela que faz de tudo para ganhar audiência e para vender jornais e revistas; aquele que se sustenta e ao seu lucro com a mentira e a difamação.

É verdade, que alguns discursos do PAPA tiveram até agora "tom político". Claro, isto seria inevitável. Em Manguinhos no Rio estava falando de questões aflitivas da vida da juventude. Agora frente à frente com políticos e autoridades do Rio de Janeiro também retomou os princípios de uma ação política igualitária e definitivamente democrática. Isto tudo não faz da visita do PAPA uma visita política para fortalecer os atuais governantes brasileiros, mas faz dela um gesto solidário com as aflições do povo brasileiro.

Convido os interessados a ler os discursos direto na fonte em português no site do VATICANO: http://www.vatican.va/holy_father/francesco/travels/2013/papa-francesco-gmg-rio-de-janeiro-2013_po.htm. Justamente para sermos precisos em nossas divagações e reflexões.

O PAPA está no Brasil e isto é uma grande. É um pai espiritual e veio para colocar no "colo de Deus" seus filhos e filhas dispersos e todos que quiserem ouvir sua voz com simplicidade de coração.

Padre Rodolfo Morbiolo

Nenhum comentário:

Postar um comentário