terça-feira, 7 de maio de 2013

Eu acredito em Milagres!


Um admirável mundo novo,
Mas que precisa de milagres!

Vivemos em um admirável mundo novo, de verdade! Nenhum dos visionários do passado poderia imaginar as características deste tempo: a tecnologia, a sociedade, a economia, as ciências, tudo enfim fala de um crescimento e de um desenvolvimento nunca dantes vistos na história da humanidade.
            Por outro lado, também as doenças, a violência e os outros males que acometem a vida em sociedade: o excesso de trabalho, a falta de tempo para lazer e para a vida em família, a desestruturação da família causada pelas infidelidades conjugais, pelos vícios do alcoolismo e das drogas; a busca desenfreada do ter e do poder; o desrespeito à vida alheia e própria. Obstáculos, por vezes inacreditáveis, em um mundo que aparentemente evolui e amadurece.
            Diante de tamanhas dificuldades o que pode a hoje de uns poucos cristãos? O que nos cabe? Sem dúvida, há atitudes concretas e objetivas que precisam ser tomadas do ponto de vista ético, moral e social. Contudo, nenhum destes gestos cristãos terá significa se carecer de verdadeiro amor – e a verdadeira caridade é um milagre da ação do Espírito Santo de Deus em nós.
            Por isso, em meio a tantos desafios, ainda acreditamos que este admirável mundo novo, precisa de milagres. Os santos também acreditaram. Lembremo-nos de nosso saudoso Beato João Paulo II, o Grande Papa de nossos tempos. Seus gestos de paz, de concórdia, de união e de superação da violência e do ódio, dentro e fora da Igreja fizeram ecoar o testemunho cristão às mais diversas culturas e povos. Poucos, porém, viam sua vida de oração, horas intermináveis diante do Santíssimo Sacramento em sua Capela rezando... Implorando a Jesus Eucarístico que agisse por suas palavras e atitudes.
            Falamos muito e rezamos pouco. Confiamos em nossos projetos e pouco na graça de Deus. Lançamos sementes e não confiamos a colheita à providência divina que tudo governa. Se tudo depende de nós, há algo que nos ultrapassa: Aquele de quem dependemos nós e nossa vida.
            Continuemos a implorar milagres, pois são eles os sinais de que o Senhor está presente e vivo no meio de nós. Sinais de que cremos nEle. Sinais de que Ele também acredita em nós. A todos benção e paz!

Pe. Rodolfo G. Morbiolo

Nenhum comentário:

Postar um comentário