quarta-feira, 11 de maio de 2011

As Palavras de Bento XVI...

...que causaram contenda e discórdia até na CÚRIA ROMANA!!!

Entrevista a Peter Seewald, publicada sob o título LUZ DO MUNDO: O Papa, a Igreja e os Sinais dos Tempos, pela Editora Lucerna de Portugal, p. 120.

A pergunta:
Quer dizer que, em princípio, a Igreja Católica não contra a utilização de preservativos?

A resposta:
É evidente que ela não a considera uma solução verdadeira e moral. Num e noutro caso, embora seja utilizado para diminuir o risco de contágio, o preservativo pode ser um primeiro passo na direção de uma sexualidade vivida de outro modo, mais humana.

Nossa reflexão:
O Papa não tem medo de responder as indagações do mundo moderno. Dá orgulho ter um homem assim na frente da Igreja. Corajoso e destemido confronta a realidade vivida por uma enormidade da população em muitas regiões do globo terrestre. Seria justo condenar à multiplicação de doenças como da AIDS por exemplo as prostitutas indianas condenadas por designação étnica à vida que levam? Não. O direito à vida é inalienável. Isto posto, e se para salvar vidas tenhamos de colocar em detrimento a lei? A vida não vale mais?

Nenhum comentário:

Postar um comentário