segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Caminhos de Santidade - Vaticano II

"o DOM PRINCIPAL E MAIS NECESSÁRIO É A CARIDADE, pela qual amamos a Deus sobre todas as coisas e ao próximo por causa dele. Mas, para a caridade caridade crescer e frutificar na alma a boa semente, todo fiel deve ouvir de bom grado a Palavra de Deus e cumprir nas boas obras a sua vontade, deve, frequentemente, com o auxílio da sua graça aproximar-se dos sacramentos sobretudo da Eucaristia, e tomar parte nos atos de culto; deve aplicar-se constantemente à oração, à abnegação de si mesmo e ao serviço dedicado aos irmãos, e ao exercício constante de todas as virtudes. Porque a caridade, sendo como é, o vínculo da perfeição e a plenitude da lei, rege todos os meios de santificação, dá-lhes forma e os conduz à perfeição. [...] É por isso que o martírio é considerado pela Igreja como doação insigne e prova suprema da caridade."
.
Constituição sobre a Igreja do Concílio Vaticano II Lumen Gentium, 42.

2 comentários:

  1. Sua Bênção,será Pe RODOLFO que é isso que nos falta?
    A caridade pela caridade? Acredito que seja ,caridade em pequenos gestos,atitudes caridosa ,ser caridoso para as pessoas é dar coisas materiais.
    Para mim não, caridade é saber ouvir quem precisa falar ,dar um sorriso de bom dia perguntar como vc está ,responder um recado,rezar um PAI NOSSO para um amigo, até para o inimigo.
    EU estou aprendendo a ser caridosa (não que não o fosse).Hoje temos um tempo tão escasso e tanta coisa para fazer ,que no final do dia nos lembramos do que não deu tempo de fazer.Não do que deveríamos ter feito
    Que triste realidade.Que sejamos caridosos,em nossas atitudes fora ou dentro da igreja.TENHA UM BOM DIA

    ResponderExcluir
  2. A caridade nos gestos, nos pequenos, santifica mais, pois não aparecem!

    ResponderExcluir