domingo, 7 de fevereiro de 2010

PEDRO ESBOÇA ANSEIO DO CORAÇÃO HUMANO

.
Neste 5º Domingo do Tempo Comum, Simão com suas palavras esboça não apenas o cansaço de uma pesca noturna infrutífera, mas o grande anseio do coração humano pelos resultados dos seus empreendimentos - pelo resultado do seu esforço por viver.
Jesus, por sua vez, não apenas comprende a pergunta de Simão, mas em resposta lhe pede que continua a lançar as redes, em "atenção às suas palavras", em "águas mais profundas". Ouvir a voz de Jesus muda tudo em nossa vida.
Muitas vezes, empreendemos lutas e labutas, mas apenas por amor próprio. Na busca humana por resultados humanos, não transcendemos a realidade, em busca do seu significado. Jesus dá a Simão um novo significado para sua existência; indica-lhe um caminho, cujos resultados estarão além da aptidão humana de fazer, mas apoiados na graça divina.
Jesus poderia mandar Simão, que será chamado Pedro, para casa descansar sem frutos. No entanto, o difícil nesta vida não é o dilema do seu abandono na morte, mas o esforço por fazê-la valer a pena ao longo do seu transcurso. Neste sentido, Jesus dá-lhe, a ele e aos seus companheiros de pescaria, a oportunidade de uma ressurreição: deixando suas barcas na margem do Mar da Galiléia, eles o seguiram!
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário